MAS

Mulheres refugiadas

Mulheres refugiadas

Existem, hoje em dia, mais refugiados no mundo do que no pós II Guerra Mundial. Os números variam conforme as entidades consultadas, mas estima-se que mais de 65,5 milhões de pessoas se encontram deslocadas dos seus lares, sendo que dois terços continuam dentro das fronteiras dos seus países e a grande maioria não são sequer contabilizadas como refugiados, caindo nas categorias de migrantes, imigr...

Continuar a ler...
Dia 8 de Março saímos à rua contra a violência machista

Dia 8 de Março saímos à rua contra a violência machista

No dia 8 de março do ano passado, as mulheres marcharam, pararam de trabalhar e tomaram a rua em cinquenta países ao redor do mundo. Nos EUA, foram as protagonistas dos principais enfrentamentos contra Trump.

Continuar a ler...
Coimbra: Por obras urgentes na Escola Secundária José Falcão!

Coimbra: Por obras urgentes na Escola Secundária José Falcão!

O MAS - Movimento Alternativa Socialista apoia a luta dos estudantes, professores, funcionários, pais e encarregados de educação da Escola Secundária José Falcão de Coimbra. A luta é por obras urgentes no edifício da escola que, com 80 anos, nunca sofreu nenhuma intervenção de fundo e que sobrevive graças a pequenas reparações e intervenções de carácter urgente realizadas com o magro orçamento da es...

Continuar a ler...
Solidariedade com Afrin, al-Ghouta, Idlib contra todos os ataques militares

Solidariedade com Afrin, al-Ghouta, Idlib contra todos os ataques militares

Face aos acontecimentos recentes na guerra civil da Síria, nomeadamente à invasão por parte da Turquia da província de Afrin localizada no Curdistão Sírio e aos bombardeamentos do regime de Assad nas cidades de Idlib e al-Ghouta, reproduzimos a declaração da Aliança dos Socialistas do Médio Oriente1, publicada originalmente a 24 de Janeiro no site da organização.

Continuar a ler...
A luta na Palestina hoje

A luta na Palestina hoje

Neste ano há várias datas marcantes para a Palestina: Há 100 anos, a Declaração Balfour, da Inglaterra, favorecia a criação de um “lar nacional judaico” para os judeus, que eram 10% da população; há 70 anos, a ONU votou a Partilha da Palestina, que dividiu o país, dando 51% da área para a minoria judaica de 30% da população; logo após, os sionistas iniciavam a limpeza étnica que expulsou 80% dos pal...

Continuar a ler...

Um feminismo para os 99%: as mulheres entrarão em greve em 2018

Em 8 de março, entraremos em greve contra violência de gênero – contra homens que cometem violência ...

Sem Lenin e as teses de abril teria o bolchevismo vencido em Outubro?

A história esclarece duas grandes “crises internas” do bolchevismo no ano da revolução. Na primeira,...

A estratégia do Syriza na Grécia

No passado dia 15 de janeiro, o Governo Syriza/Anel aprovou mais um conjunto de medidas de austerida...

A propósito das teses de C. Delphy: o esquecimento da reprodução social

Uma reflexão necessária: Para uma teoria geral da exploração

Os artigos da rúbrica Ideias não exprime...

Triumph: Não desistam dos vossos empregos!

O desastre a que hoje assistimos na antiga Triumph era previsível. Quando a Gramax comprou a fábrica...

Palestina/Israel: E se Ahed Tamimi fosse sua filha?

A prisão da jovem palestina de 16 anos, Ahed Tamimi, continua despertando indignação pelo mundo afor...

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica – 17 anos de exploração pelo Estado Português

Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica terminaram no dia 24 de Novembro de 2017 uma das...

Autoeuropa: Comunicado do grupo Juntos

Somos um grupo de trabalhadores que não se tem sentido representado pela forma como a Comissão de Tr...

Natal na Autoeuropa com luta no sapatinho

Os trabalhadores e trabalhadoras da Autoeuropa deram no passado dia 20 mais um exemplo de determinaç...

Império e o Médio Oriente na era de Trump

A situação no Oriente Médio é extremamente complexa há décadas e está especialmente volátil neste mo...

As liberdades fundamentais e a corrida para o fundo

Actualmente, vive-se um frenesim internacional que podemos designar por corrida aos tratados ditos d...

Jerusalém – capital da ocupação ou da resistência?

No passado dia 6 de Dezembro o presidente americano Donald Trump anuncia o reconhecimento por parte ...

Pela libertação dos escravizados na Líbia. Pelo fim das mortes no Mediterrâneo. Pelo fim da Europa Fortaleza.

Aqui tão perto, do outro lado do mar, estão a ser escravizados negros africanos. A indiferença das i...

 

mupi_travar_austeridade_x300.jpgmupi_prisao_e_confisco_x300.jpg

mupi_fim_privilegios_web150mupi_euro_afunda_web_150mupi_prisao_web150mupi_fim_privilegios_web150
Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
capa_ruptura150_x300 JÁ À VENDA NAS RUAS!
mupi_outra_europa_x300

Contacta-nos

Email: mas@mas.org.pt

MAS nas redes sociais:

facebook_iconyoutube_icon

Boletim do MAS

Subscreve o boletim electrónico do MAS e com conta, peso e medida receberás informação das novidades da nossa página.

Jornal Ruptura

 

Ruptura 149 - Março 2017

Contra o machismo e a exploração, trabalhadoras do mundo uni-vos [pdf]

 

Ruptura 148 - Dezembro 2016

O capitalismo dá Trump. Mobiliza-te por uma alternativa! [pdf]